quinta-feira, 6 de julho de 2017

DELAÇÃO DE CUNHA ATINGE DIRETAMENTE TEMER E MINISTROS, DIZ JORNAL

06/07/2017

Preso desde outubro de 2016, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), está mesmo negociando um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF), que deve atingir o coração do governo federal, imputando práticas criminosas ao presidente Michel Temer(PMDB) e a dois de seus principais ministros, Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). 
As informações foram publicadas nesta quinta-feira na coluna da jornalista Mônica Bergamo, no site do jornal Folha de S.Paulo. 
Segundo a jornalista, o ex-deputado já elaborou mais de cem anexos para colaborar com a Justiça. Cada anexo é uma espécie de arco factual diferente apresentado pelo colaborador. Além de Temer, Padilha e Moreira integravam o grupo que comandava a bancada do PMDB na Câmara dos Deputados, da qual Cunha foi integrante – e, segundo as investigações, um dos responsáveis pela arrecadação de recursos de campanha. 
A previsão é a de que ele conclua a sua parte na negociação entregando documentos e revelando crimes seus e de terceiros até o final da próxima semana. 
De acordo com a reportagem, Eduardo Cunha teria evidências concretas dos fatos que está relatando. O ex-deputado estaria utilizando uma sala no Complexo Médico-Penal de Pinhais, onde está preso em Curitiba (PR), para passar aos seus advogados as informações que pretende entregar ao Ministério Público. VEJA

Um comentário:

  1. Eleitor Insatisfeito6 de julho de 2017 22:01

    A Câmara de Vereadores de Xique-Xique com seus 13 vereadores...agora,pra quê?É jogar dinheiro público pelo ralo!E,a partir do dia 1° de janeiro deste ano(2017)os vereadores que antes eram tão falantes e cobradores estão quietinhos!Não veem mais nada,não ouvem mais nada e,principalmente,não falam mais nada!Esses vereadores que aí estão,ganham muito bem para não fazerem nada!Cadê os projetos?Tá na hora de honrar os vossos altos salários!Nesse tempo de crise,teria que diminuir vossos salários!Que tal um plebiscito sobre isso?

    ResponderExcluir

Espaço aberto para o leitor contribuir com o debate de forma qualificada. (O autor da matéria comentada ou o editor do blog dará uma resposta explicativa ao comentarista sempre que houver necessidade, abaixo do comentário).